quarta-feira, 18 de abril de 2012

Dicas para o primeiro dia de aula...

-->
  • A disciplina de Ensino Religioso é simplesmente encantadora para aqueles que conseguem entender e passar a essência de sua existência, alguns podem até dizer que não entende o porquê de sua inserção na grade curricular da escola normal, e é por isso que se faz necessário que o professor esclareça para seus alunos: os eixos temáticos e a importância desses conhecimentos para sua formação cidadã.


    Apresentação da disciplina de acordo com a nova redação da LDBEN.

  1. - Esclarecer quais foram as exigências da disciplina e quais são, na atualidade;
  2. - Objetivo (aprender a conviver com a pluralidade cultural e diversidade religiosa );
  3. -Conteúdos (ritos, mitos,religiões ocidentais e orientais, temas transversais);
  4. - Métodos de avaliação (trabalhos individual e em grupo; pesquisa; debates, vistos, atividade avaliativa, etc.)
Texto para reflexão:



Aprender ou desaprender? O que é mais difícil?

Mudar é complicado.
Abandonar conceitos arraigados, mais complicado ainda. Desaprender é difícil, mas pode ser necessário.
Um famoso pesquisador Francês Jean Faber, pesquisava o comportamento das largatas processionária:

Ele conseguiu com que várias largatas caminhassem em círculo, sobre à borda de um vaso. Caminharam durante sete dias e sete noites. Pareciam que não podiam romper a cadeia...
Morreram de cansaço e de fraqueza devido à falta de alimento. O mais interessante é que, dentro do vaso, a uma distância menos que o comprimento de uma largata, havia grande quantidade de comida, que seria um verdadeiro banquete, se qualquer uma das largatas tivesse se animado a romper a cadeia. Mas, nenhuma a fez.
Como as largatas, nós também nos apegamos à tradição, ao hábito, ao comodismo, ao preconceito, à preguiça e nos fechamos para o novo, para novas descobertas, novos desafios. Inibimos nossa capacidade de criar e recriar.
Por que insistir na flexibilidade, na rigidez, na repetição? Medo do desconhecido?

Fonte:http://iedalima-educarparaser.blogspot.com.br/2011/09/aprender-ou-desaprender-o-que-e-mais.html


A intenção a priore é trazer o diálogo para a sala de aula, a abertura para o diferente...

Dinâmica de apresentação (cada aluno diz o nome do outro desde o primeiro ao último) essa é indicada para turmas com bastante alunos que ainda não se conhecem e que você nunca lecionou.)

Dinâmica de apresentação (Quem sou eu?)
  • Indicada para turmas em que alunos já são bem amigos...
  • procedimento: entregue um pedaço de papel para cada aluno e peça para que eles escrevam: uma qualidade boa, um defeito e uma característica peculiar, depois dobre. Em seguida troque os papéis e ao lerem vão tentar advinhar quem é a pessoa descrita, essa dinâmica gera mais unidade na turma e causa humor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário